Área Restrita
Liturgia

Eldorado - SP

Província Padre Alberione

Fundada em 14/02/1986


A missão pastoral iniciou-se na Paróquia Nossa Senhora da Guia, no centro da cidade de Eldorado. Depois, transferiram-se para o bairro rural Poça – no dia 11/12/1989. Atualmente residem no bairro Vila Nova Esperança, dedicando-se à Pastoral Social, especialmente nas lutas populares.


Contato e Localização

Endereço
R. Profº João Vitorino Ferreira, 328
CEP - 11.960-00
Eldorado - SP

Telefones
(13) 3871.3216

E-mail
eldorado@irmaspastorinhas.com.br


Exibir mapa ampliado


Galeria de Fotos



Últimas notícias desta comunidade


CEB`s

Incluída em: 21/09/2017 | 17:21
Formação e preparação ao 14º Intereclesial das CEB’s.

Leia mais ...

 

Juventude

Incluída em: 01/09/2017 | 22:25
Despertar da Juventude para o compromisso social!

Leia mais ...

 

Ato Público

Incluída em: 17/04/2017 | 12:48
Irmãs Pastorinhas, em Eldorado, em defesa das populações ribeirinhas e do meio ambiente!

Leia mais ...

 

Leia mais notícias desta comunidade




Última publicação desta comunidade no blog

Dia da Consciência Negra

Data 28/11/2017 | - Hora 20:43
Postado por Ir. Jeane B. Aguiar
0 comentário(s) ...

 

"MISSA AFRO" NA COMUNIDADE SÃO BENEDITO EM COMEMORAÇÃO

AO DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

 

 

 

Quem é devoto de São Benedito elimina da mente, do coração, do olhar, das atitudes, dos pensamentos, das ações todo e qualquer preconceito ou discriminação, e reza: “São Benedito, filho de escravos, que encontrastes a verdadeira liberdade servindo a Deus e aos irmãos, independente de raça e de cor, livrai-me de toda a escravidão, venha ela dos homens ou dos vícios, e ajudai-me a desalojar de meu coração toda a segregação e a reconhecer todos os homens por meus irmãos. São Benedito, amigo de Deus e dos homens, concedei-me a graça que vos peço do coração. Por Jesus Cristo Nosso Senhor. Amém. São Benedito, rogai por nós!”

 

 

 

As Irmãs Pastorinhas de Eldorado, juntamente com a Comunidade São Benedito, onde residem, comemoraram o Dia da Consciência Negra, no domingo dia 19/11, com a celebração da Eucaristia presidida pelo Padre Joaquim do Quilombo de Porto Velho Município de Iporanga/SP e preparada pela Comunidade com muito carinho e devoção. O Celebrante trouxe para reflexão o Evangelho do dia Mateus 25,14-30.

 

 

A reflexão da parábola dos talentos ajudou a Comunidade tomar consciência que não podemos ser vítimas do sistema, onde uns poucos acumulam riquezas, à custa da maioria que tem que trabalhar para enriquecer o patrão, multiplicando seus talentos. Essa era a prática dos grandes da época. Na verdade os talentos que foram multiplicados serviram para aumentar a riqueza do senhor. Nada se fala dos servos que trabalharam. O servo que não concordou com o sistema e não multiplicou os talentos para enriquecer o senhor, foi qualificado como mau e preguiçoso. Ele tem direito pelos dias trabalhados. O sistema onde vivemos de fato é assim. Aquele que tem pouco até esse pouco lhe será tirado. Vejamos o que vem acontecendo em nosso país.

 

 

O ofertório foi significativo. O alimento veio de várias pessoas. Alimento abençoado! Após a partilha do Pão Eucarístico foi partilhado o Pão Alimento: “Como povo de Deus, Negro vem comungar. Corpo e Sangue de Cristo, Pão e Vinho no altar! Tá na hora de partilhar E, O, E, A. Tá na hora de partilhar!”

 

 

Para Comunidade de São Benedito a celebração do Dia da Consciência Negra é o momento onde juntamos todas as experiências dolorosas advindas do preconceito, da discriminação vividas no correr do ano e recobramos as energias para ter a coragem e a força necessária para ser Negro e Negra todos os 365 dias do ano.

 

Gleiciane Lira, noviça Pastorinha.

 

Leia Mais...


 

Leia mais publicações desta comunidade no blog