Área Restrita
Liturgia

Maceió - AL

Província Padre Alberione

Fundada em 07/10/1983


O trabalho foi iniciado no Bairro de Bebedouro na Paróquia Santo Antonio, sendo a comunidade transferida para a Chã da Jaqueira no final de 1987 – Arquidiocese de Maceió. Assim, as Irmãs estão inseridas na Paróquia São João Batista e Santa Isabel e além do trabalho pastoral paroquial, dedicam-se a pastoral da educação.


Contato e Localização

Endereço
Rua Austeclínio Lopes de Farias,102
Bairro Chã da Jaqueira
CEP - 57018-510
Maceió - AL

Telefones
(82) 3358.1897

E-mail
maceio@irmaspastorinhas.com.br


Exibir mapa ampliado


Galeria de Fotos



Últimas notícias desta comunidade


Entrada no Aspirantado

Incluída em: 12/02/2017 | 08:22
A jovem Inêz relata sua experiência de ingresso no Aspirantado!

Leia mais ...

 

ENCONTRO DE RELIGIOSOS (AS)

Incluída em: 31/10/2016 | 10:24
Núcleo da CRB, Maceió/Al

Leia mais ...

 

ESPERE

Incluída em: 31/10/2016 | 10:09
ESPERE: escola de perdão e reconciliação!

Leia mais ...

 

Leia mais notícias desta comunidade




Última publicação desta comunidade no blog

Rede um grito pela vida!

Data 09/05/2017 | - Hora 13:21
Postado por Ir. Jeane B. Aguiar
2 comentário(s) ...

 

 

A Vida ferida Grito por Misericórdia e Justiça!

Basta de Tráfico de Seres Humanos!

 

 

O núcleo da Rede um Grito pela Vida de Maceió, em 06 de maio promoveu um encontro de Formação para Multiplicadores. O encontro teve início com a apresentação dos participantes, usando a dinâmica da construção e desconstrução da rede, que também serviu para introdução ao assunto. Os participantes puderam fazer a experiência de que o ato de construir uma rede não é nada fácil, porém é fácil e rápido destruí-la. O objetivo do curso foi fortalecer a “Rede um Grito pela Vida” e, com o agir preventivo do grupo, minimizar a ação dos que estão a serviço do tráfico humano. 

Após a acolhida e apresentação dos participantes, foi feito memória do percurso de formação da "Rede" em Maceió. Em seguida, foi exposta a dimensão internacional da ação do tráfico humano.  Em termos de informação: a ONU define o TRÁFICO HUMANO como sendo recrutamento, transporte, transferência, abrigo ou recepção de pessoas por meio de ameaças ou uso de força ou outras formas de coação, sequestro, fraude, decepção, abuso de poder ou uma posição de vulnerabilidade ou de oferta ou recebimento de pagamento ou benéficos para obter o consentimento de uma pessoa sobre a qual se exerce controle, com o propósito de explorá-la. Para ser considerado como exploração, um ato deve incluir, no mínimo, a prostituição ou outras formas de exploração sexual, trabalhos forçados, escravidão ou praticas similares à servidão ou remoção de órgãos. 

 A ONU informa que o tráfico humano movimenta cerca de 64 milhões por ano, é a segunda fonte de renda do crime organizado.  Cerca de 20 milhões de pessoas são apanhadas no círculo do tráfico. Para obter maiores informações é só entrar no site da CRB ou www.a12.com/noticias/detalhes/rede-um-grito-pela-vida.

Após o almoço, os participantes puderam aprofundar um pouco mais sobre o Tráfico Humano de forma lúdica, por meio de um jogo elaborado pela Conferencia dos Religiosos do Brasil.

 

 

Nós, Irmãs Pastorinhas, às vésperas de celebrar a Festa de Jesus Bom Pastor, não poderíamos deixar de participar do evento, pois, juntamente com o povo nos empenhamos na defesa da vida!

 

Ir. Maria Luiza Ramos  e Ir. Lusineide Cardoso de Melo, SJBP.

 

Leia Mais...


 

Leia mais publicações desta comunidade no blog