Área Restrita
Liturgia

Comunidade M. Madre del Buen Pastor - Uruguay

Província Jesus Bom Pastor

Fundada em 03/09/1993


A comunidade se dedica à catequese, Infância missionária, Pastoral de adolescentes e juventude, trabalho de evangelização e experiência missionária com as crianças, adolescentes, jovens e adultos; acompanhamento e formação de lideranças, formação de pequenas comunidades.


Contato e Localização

Endereço
Proyectada, 42 – Norte 1816
Barrio Chaplin
CEP - 60000
Paysandù - Uruguay -

Telefones
(00xx598) 723.3768

E-mail
paysandu@irmaspastorinhas.com.br


Exibir mapa ampliado


Galeria de Fotos



Últimas notícias desta comunidade


Missão Internacional no Uruguay

Incluída em: 18/02/2012 | 20:00
Irmãs Pastorinhas vivenciam a semana missionária em Paysandú, Uruguay

Leia mais ...

 

Leia mais notícias desta comunidade




Última publicação desta comunidade no blog

Uma vida de fé e entrega nas mãos de Deus a serviço da vida

Data 29/05/2013 | - Hora 16:13
Postado por Ir. Maria Hetzler
12 comentário(s) ...

Olhando para trás, vejo que muitos saltos no escuro foi preciso dar e tanta coisa parece quase impossível ter acontecido. Hoje, no entanto, só tenho uma certeza: se fosse começar tudo de novo, eu o faria com grande alegria e entusiasmo.
 
 
Estando no Ano da fé, quero dar meu testemunho a partir desta certeza de São Paulo e minha: “Sei em quem depositei minha confiança” e ainda: “tudo concorre para o bem dos que buscam sinceramente amar o Senhor”. 
Filha de imigrantes agricultores alemães, sou a última de três irmãos. Fé e oração eram valores centrais da nossa vida e bem cedo aprendi a rezar o terço, como prática diária, no colo do meu pai enquanto os irmãos maiores permaneciam de joelhos e minha mãe se dedicava aos afazeres da casa para no dia seguinte, ir ao campo novamente o dia todo. Minha irmã se tornou religiosa Salvatoriana. Meu irmão queria ser padre, mas as dificuldades econômicas não o permitiram...
São 48 anos que faço parte da Congregação das Irmãs Pastorinhas e 50 que optei pela Vida Religiosa Consagrada. Por uns meses, como ainda não conhecia as Pastorinhas, estive com outras religiosas dedicadas à educação nas escolas. O Bom Pastor, no entanto, bem presente desde a mais tenra infância, depositou em meu coração o desejo que Ele mesmo foi satisfazendo ao longo da vida, por caminhos inusitados de fé.
Olhando para traz, vejo que muitos saltos no escuro foi preciso dar e tanta coisa parece quase impossível ter acontecido. Hoje, no entanto, só tenho uma certeza: se fosse começar tudo de novo, eu o faria com grande alegria e entusiasmo. Evitando, é claro, tantas reticências e paradas, desvios e negligências que retardaram o caminho, mas, fundamentalmente, faria o mesmo, lançando-me, confiante nos braços do Pai. Jamais me arrependi do meu SIM que espero levar até o fim.
Atualmente encontro-me no Uruguai, onde me foi pedido para inserir-me na comunidade, no início deste ano. Não posso dizer que seja fácil, aos 70 anos, aprender uma língua nova, assumir uma cultura diferente e integrar-me em costumes diversos. No entanto, com gratidão ao Bom Pastor que me trouxe até aqui, posso dizer que vale a pena. E mais ainda, é fascinante e muito enriquecedor, descobrir valores e vivências destes nossos irmãos;  uma gama de riquezas, antes desconhecida.
Tudo pode se transformar em oração, aprendizagem e motivo de gratidão. Por exemplo quando me dou conta que não consigo fazer-me entender, dirijo meu olhar interior a Deus que também encontra muita dificuldade para fazer-se entender por nós.  Tantas vezes confundimos suas mensagens: paz com violência, perdão com justiça, firmeza com imposição etc.
 
Creio que tanto aqui como em qualquer outra parte do mundo Deus, o Senhor da Messe, continua chamando. Tenho certeza de que muitos convidados também hoje, encontram dificuldade para entender e interpretar corretamente este chamado de amor. Com tantas vozes que existem por aí, seduzindo e iludindo para correr atrás de brilhantes bolhas de sabão, incentivando a buscar a felicidade onde ela não se encontra, só peço a Deus a graça da conversão e o dom do discernimento constante.
Sim, todos nós temos necessidade de conversão: a cada dia, hora, instante. Igualmente precisamos de discernimento para, entre tantas vozes, distinguir a voz do Pastor Divino, Caminho seguro, Verdade eterna e Vida plena. Ele que ama com Amor terno e eterno, chama carinhosamente e envia cada filho/a para trabalhar na sua vinha, para cuidar do seu rebanho, cuidar da Vida. Seguindo suas pegadas, jamais seremos desiludidos!
E você? Está contente com sua vida? Quer dar um passo a mais?  Invista na Vida Plena. Não tenha medo. Vale a pena!
 
  Ir. Maria Hetzler, sjbp

 

Leia Mais...


 

Leia mais publicações desta comunidade no blog